Xiaomi lidera o mercado dos Wearables ultrapassando a Apple!!

Nos últimos tempos, a Xiaomi e a Huawei mostraram que têm muito mais a oferecer ao mercado global, apesar de serem empresas sediadas na China. De acordo com a Gartner, empresa de consultoria fundada em 1979, as vendas de smartphones no terceiro trimestre de 2018 tiveram um aumento de cerca de 1,4% em relação ao ano passado. Este aumento deve-se principalmente a estas duas empresas, pois uma vez que retirarmos as vendas destas fabricantes chinesas, as vendas totais das restantes empresas de smartphones descem para cerca de 5,2%.

Segundo a organização de pesquisa de mercado, IDC, a taxa de crescimento da Xiaomi no terceiro trimestre deste ano foi cerca de 90,9%, ultrapassando assim a Apple e tornando-se na líder mundial em dispositivos portáteis.  

A Xiaomi exportou cerca de 6,9 milhões de unidades. Este número de exportações deve-se principalmente a dois fatores: a expansão que a empresa fez para novos mercados e o lançamento da Mi Band 3. De modo díspar, a Apple resolveu lançar o Apple Watch Series 4, smartwatch  cujo  preço é um pouco excessivo e além disso a Apple não baixou o preço dos restantes modelos antigos além dos 200 US $ (aproximadamente 175€). O excessivo valor destes dispositivos afetou em muito a sua participação no mercado. Porém, nem tudo foi mau para a Apple, isto porque o Apple Watch 3 vendeu mais de 4,2 millhões de unidades no terceiro trimestre deste ano.

Também poderá interessar  O rápido crescimento tecnológico dos Wireless headphones

Se compararmos a participação do mercado da Xiaomi com o da Apple concluímos que a Xiaomi tem cerca de 21,5%, enquanto que a da Apple está nos 13,1%. Atrás da Apple está a Fitbit, a Huawei e aSamsung. Neste período de 2018 estas empresas venderam cerca de 3.5 milhões, 1.9 milhões e 1.8 milhões de dispositivos, respetivamente, com participações no mercado na ordem dos 10,9%, 5,9% e 5,6%.

Deixa-nos a tua opinião