Xiaomi – irá mesmo existir um Mi A2?

0
2388

Poupa em TODAS as compras na GearBest

Clica aqui para Cashback até 10%


O Xiaomi Mi A1, versão com Android One do Mi 5X e com banda B20, foi sem dúvida um dos smartphones lançados pela marca chinesa em 2017 que mais sucesso teve, quer pelo número de vendas quer pelo que poderá ter representado e ajudado na afirmação global da marca.

Com o sistema de dual-câmara traseira, boa construção e desempenhos para a sua gama de valores (desde os 170 aos 230 euros) é ainda um dos smartphones mais recomendados nesta gama de preços e com boa relação preço/qualidade.

Como é costume no mercado mobile já se especula sobre uma segunda geração deste telemóvel que foi lançado há cerca de 6 meses apenas.

Será mesmo um novo Mi A2?
Será mesmo um novo Mi A2?

Por todo o mundo fala-se na possibilidade de estar a ser estudada uma nova versão agora alimentada pelo SoC da Xiaomi, o Surge S2, e com um ecrã FHD+.

Muito se especula acerca do suposto Xiaomi Mi A2, mas desta vez, e na minha opinião, julgo que não irá haver Xiaomi Mi A2. Não pelo menos enquanto modelo A2, mas talvez numa outra designação que irá abrir um novo segmento mobile da Xiaomi.

https://i0.wp.com/techviral.net/wp-content/uploads/2018/02/Xiaomi-Mi-A2-Concept-Boasts-Stunning-Full-Screen-Design.png?resize=640%2C336&ssl=1
Suposta versão do Xiaomi Mi A2

De uma forma “generalizada”, a Xiaomi tem desenvolvido smartphones de baixa gama na sua série Redmi 4A e 5A, equipamentos de média gama nos seus Redmi Note 4, Mi Note 3 e agora Redmi 5 Plus e Note 5, e equipamentos de gama alta nos Mi (5 e 6) e de forma inovadora nos Mi Mix e Mi Mix 2 e no previsto Mi Mix 2S.

Novos leaks do Xiaomi Mi Mix 2S sugerem sensor impressão digital no ecrã

Em relação ao Xiaomi Mi A1 julgo que a designação do modelo não deverá encaixar numa série uma vez que ao que entendo a designação A1 será mesmo uma referência ao Android One (1), software que alimenta o smartphone.

Também poderá interessar  [NOVIDADE] GearBest abre loja Online dedicada a Portugal

Por outro lado, acredito que o lançamento de uma série baseada em Android One, apesar de ser uma verdadeira campeã de vendas, irá um pouco contra a ideologia incial da Xiaomi, que começou apenas enquanto uma ROM, a MIUI, para Android baseada ainda na versão 2.

Na minha opinião poderão haver mais equipamentos Xiaomi com ROM Android One, ou mesmo Android Go para gamas mais baixas, mas serão incluídos em séries diferentes e o Mi A1 terá sido uma experiência da marca neste campo, que a nível de interface terá conquistado muitos consumidores, desafiando a própria MIUI.

Qual é a tua opinião?

Grupo de ajuda e dicas no Facebook

Adere ao nosso grupo no Facebook!

Deixa-nos a tua opinião