No Twitter, as fake news espalham-se muito mais rápido que as verdadeiras

0
258

Poupa em TODAS as compras na GearBest

Clica aqui para Cashback até 10%


Um estudo baseado num levantamento de 126 mil tweets publicados e partilhados entre 2006 e 2017 por cerca de três milhões de utilizadores da rede social Twitter foi divulgado este mês pela Science Magazine, e revela que as fake news, “notícias falsas”, se espalham muito mais rápido que as notícias fidedignas.

Depois de analisadas as publicações, o estudo chegou a conclusões alarmantes: as notícias verdadeiras raramente alcançam mais de mil pessoas, ao passo que as notícias falsas podiam alcançar 100 mil pessoas!

A razão que poderá estar por trás da preferência pela partilha de notícias falsas é o fator surpresa: “o grau de novidade e as reações emocionais dos recetores podem ser os responsáveis pelas diferenças observadas”, concluiu o estudo.

Também poderá interessar  Google considera Kodi como software pirata

Grupo de ajuda e dicas no Facebook

Adere ao nosso grupo no Facebook!

Deixa-nos a tua opinião