Estarão os torrents de volta?

0
1552

Poupa em TODAS as compras na GearBest

Clica aqui para Cashback até 10%


Nos últimos tempos temos observado um aumento acentuado no número de serviços de streaming e, consequentemente, a quantidade de conteúdo exclusivo tem tido um crescimento brutal. Estes factores levaram a que os utilizadores procurassem de novo os torrents como solução para a exclusividade do conteúdo.

O novo relatório Global Internet Phenomena da Sandvine afirma que 58% do tráfego global de internet é conteúdo de vídeo e ainda que depois de anos de declínio o uso de BitTorrent está em crescimento.
Em 2011, Sandvine afirmou que o BitTorrent representava 52,01% do tráfego de upstream em redes de banda larga fixa na América do Norte. Em 2015, a participação do tráfego upstream da BitTorrent nessas redes havia caído para 26,83%, em grande parte graças ao aumento da qualidade e das alternativas baratas de transmissão.

“Para ter acesso a todos esses serviços, fica muito caro para um consumidor, então assinam um ou dois e pirateiam o resto”, disse Cullen.

A Disney, por exemplo, em breve irá proceder à compra da maior parte da sua parcela da Netflix, ao lançar seu próprio serviço de streaming ainda este ano.

É de notar que os números do BitTorrent são provavelmente maiores do que as estimativas da Sandvine, dado que existe número grande de utilizadores que escondem o tráfego de BitTorrent através de proxies e VPNs para evitar os olhos indiscretos dos ISPs e também evitar problemas de direitos de autor e acções do sector.

Também poderá interessar  Nova variante do Xiaomi Mi 8 que deverá ser apresentada amanhã

 

Grupo de ajuda e dicas no Facebook

Adere ao nosso grupo no Facebook!

Deixa-nos a tua opinião