Aerones desenvolve drone bombeiro!

0
724

É verdade, os drones não servem apenas para diversão e para tirar umas belas fotografias.

A empresa Aerones, com sede em Latvia, desenvolve drones para desempenhar trabalhos pesados e que podem ser considerados perigosos para as pessoas, desde a limpeza de aerogeradores eólicos e edifícios até mesmo combate de incêndios urbanos e operações de salvamento.

Os drones de combate a incêndios ainda estão em fase de testes e também carecem de investimento, mas os primeiros resultados foram promissores. Estes drones, operados apenas por uma pessoa, conseguem atingir alturas impossíveis de alcançar com as escadas dos camiões de bombeiro e tendo em conta que os drones não são tripulados podem alcançar locais considerados perigosos para os bombeiros. Até ao momento e dadas as dimensões e peso dos drones, este só tem autonomia para 30 minutos, dependendo das condições climatéricas, mas está em estudo a possibilidade de fornecer energia aos drones através de cabos de alimentação.

Neste momento a empresa está a tentar patentear o drone para uso na extinção de incêndios a grandes alturas. Eles estimam que se os bombeiros recorrerem aos seus drones têm capacidade de combater incêndios a 300-400 m de altura.

Claro está que o recurso a esta tecnologia só é eficaz para o combate de incêndios urbanos, pois os incêndios florestais dada a dimensão e alcance o combate torna-se mais complicado, mas nestes cenários os drones poderiam ser utilizados para defender povoações em perigo!

Tendo em conta toda a controvérsia  gerada em torno dos drones nos dias de hoje ainda vai demorar muito tempo até vermos estes “bombeiros com asas” a combater incêndios.

Mas para mim  isto é o futuro. Por exemplo a Jaguar Land Rover Special Vehicle Operations (SVO) desenvolveu um veículo, a partir de um Land Rover Discovery, designado “Project Hero”, para ser usado pela cruz vermelha em operações de salvamento de forma a permitir uma rápida resposta em situações de desastre. Uma das particularidades deste veículo é que traz um sistema de aterragem totalmente integrado, com tecnologia de auto centralização e retenção magnética, sendo o primeiro no mundo a permitir que um drone aterre no “Project Hero” enquanto este estiver em movimento.

Também poderá interessar  Grande PROMOÇÃO em drones DJI - 2ºRONDA

Grupo de ajuda e dicas no Facebook

Adere ao nosso grupo no Facebook!

Deixa-nos a tua opinião