Adeus Google Plus – A rede social vai fechar permanentemente

Empresa ocultou a informação durante sete meses.

0
386

Poupa em TODAS as compras na GearBest

Clica aqui para Cashback até 10%


A Google+ está a fechar as suas portas permanentemente. Foi sabido na segunda-feira, dia 9 de outubro, que há sérias preocupações com a segurança dos dados pessoais associados a 500.000 contas.

Hoje, terça-feira, ficamos a saber que a vulnerabilidade existia desde 2015 mas só foi detectada pela Google em Março de 2018. A empresa garante que o problema foi corrigido antes que pudesse ser explorado. Ao mesmo tempo afirma ser incapaz de dizer quais utilizadores possam ter tido a sua conta comprometida.

O bug permitia contornar a segurança de determinados perfis e dar acesso a programadores de aplicações externas a dados privados como: nomes completos, endereços de e-mail, datas de nascimento, género, fotografias de perfil, locais de residência, ocupação profissional e informação sobre relacionamentos pessoais.

“Não temos provas de que algum programador tenha encontrado este bug, ou tenha abusado das API e não temos provas de que os dados de algum perfil tenham sido usados abusivamente”defende a empresa em comunicado.

A Google está agora a dar um período de 10 meses (até o final de agosto de 2019) para que os utilizadores façam a transição.

Também poderá interessar  Google corta nos Play Games Services

Grupo de ajuda e dicas no Facebook

Adere ao nosso grupo no Facebook!

Deixa-nos a tua opinião